Odair Hellmann sai em defesa de atacante criticado no Santos

Odair Hellmann no comando do Santos

Técnico do Santos, Odair Hellmann saiu em defesa do atacante Ângelo após as críticas que o jovem sofreu da torcida depois do empate com o Água Santa, na Vila Belmiro na quarta-feira (25), quarta rodada do Paulistão.

“O Ângelo é um menino. Talvez acima da média, mas talvez tenha queimado processos para chegar num momento desse e estar mais maduro. É um menino maduro, do bem, mas é um menino. Se colocarmos responsabilidade nesse menino de 18 anos, está errado. A cobrança tem que ser em cima de mim, dos jogadores mais velhos. Visualizamos jogadores maduros, com 600 jogos nas costas ter essa oscilação. Imagine os mais jovens”, disse.

“Cobro a responsabilidade dentro do limite dele. Ângelo passou por cima do processo porque tem qualidade. Mas uma hora cobra as outras contas. Isso gera amadurecimento, crescimento individual e melhor performance. Cabe a nos conversamos com o Ângelo. Mostrar como professor porque ele ainda precisa evoluir”, completou.

Sobre o empate, o comandante acredita que o time evoluiu em comparação com o último jogo. Eu acredito a todo momento na evolução do trabalho, no entrosamento e na consistência do time. Precisamos evoluir em vários aspectos. Hoje defendemos melhor, melhor posicionado. Falta atacar mais firme para não gerar o contra-ataque. Tivemos mais posse, mas não conseguimos ser contundentes e transformar essa posse em oportunidades de gol. Melhoramos no segundo tempo, mas não melhoramos o acabamento, a parte final para gerar volume e pressão. Mas isso é trabalho. Estamos buscando uma reconstrução da equipe. Não conseguimos repetir a escalação em nenhum jogo. Até gostaria de repetir a formação da primeira partida. Mas mudamos taticamente e características. Não é o entrosamento ideal. Tem coisas a evoluir e corrigir”, concluiu.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x