Presidente do Flamengo cita gigante europeu ao tratar de projeto de novo estádio de R$ 2 bilhões

Rodolfo Landim durante cerimônia de posse no Flamengo, em 2021

A possibilidade da construção de um estádio próprio ainda está nos planos da diretoria do Flamengo. Presente no evento de lançamento do livro de Zico, o presidente Rodolfo Landim falou sobre o projeto.

Segundo o dirigente, o projeto está em estágio inicial e, atualmente, possui inviabilidade financeira, com custo total sendo de R$ 2 bilhões.

Landim deixou claro que possui um modelo de estádio que gostaria de adotar: o Signal Iduna Park, do Borussia Dortmund, por conta de seu tamanho.

“Borussia Dortmund. Lá tem a muralha amarela, o torcedor fica em cima. O estádio tem que ser grande. Não podemos pensar pequeno. O terreno foi encontrado, mas é um problema porque não é nosso”, disse.

Mesmo com o alto valor, porém, o clube já possui planos de capitalização, com a criação do banco digital Nação BRB Fla, a criação da liga brasileira e a venda dos naming rights do estádio.

O plano segue sendo de o estádio ser construído na região do antigo Gasômetro, ao lado da rodoviária e que pertence à Caixa Econômica Federal.

Próximos jogos do Flamengo:

  • Boavista (C) – 01/02, 21h10 – Campeonato Carioca
  • Al Hilal ou Wydad Casablanca (N) – 07/02, 16h – Mundial de Clubes
  • Volta Redonda (F) – 25/02, 21h10 – Campeonato Carioca
Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x