Cocito relembra 2005 e cita fator que pode ajudar Athletico contra o Libertad

Cocito 1

Ídolo do Athletico, o ex-jogador Cocito fez parte do elenco rubro-negro que encarou o Libertad pela primeira vez na Libertadores, em 2005, e que chegou à grande final da competição também de forma inédita.

Titular em grande parte da competição, o ex-volante acabou entrando no decorrer do confronto realizado em Assunção, no Paraguai, em que o Furacão saiu com a vitória por 2 a 1.

Ao UmDois Esportes, Cocito destaca que o Athletico pode se dar bem no Estádio Defensores Del Chaco, nesta quinta-feira, por não existir uma certa “pressão” da torcida adversária.

“Quando você enfrenta uma equipe com o estádio lotado, isso contagia o time da casa, inflama os jogadores e ajuda muito. Nós não vamos sentir pressão desta vez. Não que será fácil, mas pode ser um fato a favor. Mesmo assim, o Athletico não pode se deixar se desconcentrar, não pode entrar em um marasmo. Precisa estar focado o tempo todo”, ressalta o ex-atleta.

O Libertad é o adversário que o Athletico mais enfrentou na disputa da Libertadores. Foram seis vezes no total – duas em 2005 e quatro no ano passado. Para o ex-volante, o Furacão tem elenco para passar pela fase de grupos e chegar a uma terceira disputa de final da competição.

Deixe um comentário

“Acredito que o Athletico tem totais condições de chegar a mais uma final. Quem está dentro do vestiário tem que ter confiança e coragem para acreditar que realmente é possível. Esperamos que seja dessa forma. O Athletico é uma equipe copeira, tem experiência nessas disputas”, frisa.

Um dos pontos fortes do ex-volante era a marcação forte, uma das principais características também da própria disputa da Libertadores.

“A Libertadores é uma competição muito difícil, as equipes têm essa característica de pegada. São times que não desistem nunca. É a competição a ser vencida aqui na América do Sul, é totalmente diferente do Campeonato Brasileiro. O fator fundamental é fazer bons jogos dentro de casa, ter marcação forte e conseguir os pontos fora”, conclui.

O Athletico entra em campo contra o Libertad nesta quinta-feira (5), às 21h, no Estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. O Furacão é o segundo colocado do Grupo G, com quatro pontos.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários