Arrascaeta revela ‘misto de sentimentos’ com empate do Flamengo na Libertadores

arrascaeta bruno henrique flamengo racing 1 1

Após 45 dias sem entrar em campo, enfim Arrascaeta voltou a jogar pelo Flamengo. Recuperado de lesão muscular na coxa, o uruguaio foi acionado aos 20 minutos do segundo tempo no empate em 1 a 1 com o Racing (ARG), pela terceira rodada do Grupo A da Copa Libertadores da América, nesta quinta-feira (04). Após o duelo na Argentina, o meia revelou o ‘misto de sentimentos’, com o resultado do Fla e o retorno aos campos.

Estou feliz de voltar, estar com meus companheiros. Pessoalmente eu tinha vontade de jogar. Claro, muito tempo parado, é aproveitar os minutos para ganhar ritmo. Independentemente do rival, a gente tem que sair para ganhar. Com a expulsão deles ficou ainda mais favorável, esses times têm que matar o jogo. Agora já aconteceu, temos que continuar a evoluir. É um trabalho novo, a gente sabe que não tem tempo.

disse Arrascaeta.

Arrascaeta não entrava em campo desde o dia 18 de março, na semifinal do Campeonato Carioca, contra o Vasco. Ou seja, foi a estreia do uruguaio sob o comando de Jorge Sampaoli. Sobre o argentino, o camisa 14 fez elogios. “É um grande treinador, trabalha muito bem”, resumiu o camisa 14.

Acionado aos 20 minutos do segundo tempo, Arrascaeta viu o rumo do Flamengo mudar na partida logo após a entrada do uruguaio em campo. Sem o camisa 14, o Mengo vencia por 1 a 0 e tinha um jogador a mais. Porém, aos 25’, Wesley comentou uma falta, levou o segundo amarelo e, na cobrança do tiro livre, o Racing empatou.

Agora, Arrascaeta espera receber mais minutos no domingo (07), quando o Flamengo visita o Athletico-PR, em Curitiba, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. A bola rola às 16h (horário de Brasília), na Arena da Baixada. O Coluna do Fla, no Youtube, fará toda a cobertura do duelo.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x