Mano Menezes detona tropeço do Inter na Libertadores: “Decepcionante”

Mano Menezes no Internacional

Mano Menezes não gostou do empate do Internacional na Libertadores. A equipe recebeu o Nacional durante a noite da última quarta-feira, 3, e não se deu bem contra os rivais uruguaios. Mesmo com o Beira-Rio lotado, o Colorado deixou a vitória escapar no final do segundo tempo e deixou o gramado apenas com um empate de 2 a 2. Em entrevista coletiva, o técnico do Inter demonstrou grande insatisfação. 

O técnico do Internacional ressaltou as dificuldades que o Colorado atravessou durante a partida e também a oportunidade que teve para sair com a vitória. A equipe vencia até os acréscimos do segundo tempo, porém não sustentou o resultado e saiu com um 2 a 2 do Beira-Rio. O gol no final do jogo deixou Mano Menezes incomodado.

“Saímos duas vezes na frente, faz o gol aos 40 do segundo tempo e é uma coisa que seria extremamente positiva. Fica com aquele gosto de ter deixado escapar uma vitória importante. (…) Temos que terminar bem organizados. Terminar sabendo se comportar. Com gol aos 40, parar o jogo, não deixar o adversário ganhar ritmo. Saber encerrar jogos difíceis como esse também é uma necessidade e precisamos melhorar isso”

afirmou Mano Menezes

Segundo o treinador do Internacional, o tropeço só veio, pois a sua equipe não soube aproveitar os bons momentos que teve durante os 90 minutos: “Podemos direcionar pelo fato de não ter aproveitado nosso momento muito bom no primeiro tempo para transformar nossa vantagem em uma vantagem maior. Foi, a meu ver, onde deixamos escapar a nossa vitória dentro de casa“.

Com o resultado, o Internacional ficou na segunda posição do grupo B e há dois pontos do Nacional. A estratégia do Colorado, para as três primeiras partidas, era vencer duas em casa e pontuar fora, mas o plano só não foi cumprido a risca devido ao empate da última quarta-feira, 3. Sendo assim, Mano Menezes não escondeu a decepção pelo seu planejamento não ter saído como pensava. 

Não era o que planejávamos porque sabemos que o fator local na Libertadores influencia muito. Nossa meta era fazer as duas vitórias em casa e, no mínimo, pontuar fora, como conseguimos. Não atingimos o que era nossa ideia. Temos que ter maturidade. Temos que trabalhar na segunda parte, supostamente mais difícil, e reverter o que deixamos escapar em casa”

concluiu Mano Menezes.

Com esse cenário irregular do Internacional na Libertadores, a equipe vai poder se preparar por 21 dias até o próximo compromisso no torneio continental. O Inter só voltará a campo pela competição no dia 25 de maio, contra o Metropolitanos. A expectativa do Colorado é de sair com uma vitória importante para a sua sequência no campeonato.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x