Um Athletico ofensivo visita Libertad que pode ter reforço na Libertadores

Com formação mais ofensiva da temporada, o Athletico visita o Libertad-PAR em Assunção e tenta manter liderança do grupo G da Copa Libertadores. Paulo Turra chega com trabalho pressionado para a partida e tenta alternativa com Vitor Bueno, Terans, Pablo e Vitor Roque como quarteto ofensivo para enfrentar o ‘Repollero’ – como é conhecido o clube paraguaio. Melgarejo, destaque do ataque alvinegro, tem chances de entrar em campo.

Furacão tem provável escalação com Bento, Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Pedrinho; Fernandinho, Alex Santana (Erick) e Vitor Bueno; Terans, Pablo e Vitor Roque, segundo a jornalista Monique Vilela. Quarteto de ataque pode virar trio com Pablo, Roque e Terans – jogadores com mais participações em gol na temporada – e com Vitor Bueno no apoio um pouco mais atrás.

Fernandinho, que completa 38 anos nesta quinta-feira (4), disse ao Ge que Athletico “sai na frente” em negociação de renovação e deve formar dupla com Alex Sanatana – que foi do céu ao inferno na última semana com dois gols pela Copa do Brasil e expulsão no Campeonato Brasileiro. Na zaga, Zé Ivaldo, em meio a negociação de renovação e alvo de times da série A, deve ser substituído por Pedro Henrique, mesmo que tenha viajado ao Paraguai.

Melgarejo teve melhora

Pelo lado do Libertad, Lorenzo Melgarejo pode ter condições de entrar em campo nesta noite. Mesmo com declarações do treinador Daniel Garnero que atestavam piora na condição muscular do jogador – que sofreu contratura na coxa direita em partida contra o Alianza Lima, pela Libertadores – o jornal Abc noticiou que houve “importante melhora” e que meia chegaria em condições para a partida.

Lucas Sanabria é cotado para substituir Melgarejo, caso atacante não consiga jogar. Diego Gómez – que marcou contra o Atlético-MG no Mineirão – Campuzano e ‘Tito’ Villalba completam o meio campo. Na frente, o veterano e artilheiro do time na temporada, Óscar Cardozo deve fazer dupla de ataque com Alfio Oviedo.

Furacão tem ampla vantagem histórica

O ‘Gumarelo’ é o time que mais enfrentou o Athletico na história da Libertadores. São seis confrontos no geral e retrospecto de ampla vantagem para o Furacão, que tem quatro vitórias e um empate. A única vitória do Libertad foi na fase de grupos da disputa pela Gloria Eterna de 2022, no Defensores del Chaco, palco do jogo de hoje.

Times ainda se enfrentaram nas oitavas de final da competição no ano passado, com uma vitória e um empate dos comandados, à época, de Felipão. Em 2005, na fase de grupos, foram duas vitórias atleticanas em campanha que chegou à final da competição, assim como em 2022.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x