Ex-árbitro aponta irregularidade em segundo gol do Athletico-PR contra Flamengo

O Flamengo perdeu por 2 a 1 para o Athletico-PR, em jogo disputado no último domingo (07), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o segundo gol do time paranaense envolveu uma polêmica: o goleiro Santos recebeu uma joelhada no rosto e ficou desacordado. Para o ex-árbitro Carlos Eugênio Simon, houve irregularidade no lance, e o tento deveria ter sido anulado.

O segundo gol do Furacão foi irregular. Tá aqui no livro de regras, página 101. Jogada imprudente: é toda ação em que o jogador demonstra falta de atenção, ou consideração, ou age sem precaução ao disputar a bola com o adversário. Foi o que o Vitor Roque fez. Santos dá um tapa na bola, ela muda de direção e Vitor Roque acerta com o joelho no rosto do jogador do Flamengo, que cai nocauteado. Portanto, esse gol deveria ter sido anulado ou pelo árbitro de campo, ou pelo Var “, disse Carlos Eugênio, em vídeo postado nas redes sociais.

O Rubro-Negro tem apenas três pontos conquistados dos 12 possíveis e está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Para tentar se recuperar, o Flamengo entra em campo contra o Goiás, no Maracanã, em partida válida pela quinta rodada do torneio nacional. A bola rola às 20h (horário de Brasília) da próxima quarta-feira (10).

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x