Alexandre Mattos quem demitiu Paulo Turra, técnico queria ficar no Athletico

photo 2023 06 16 15 16 35 1

A saída inesperada do diretor-técnico Luiz Felipe Scolari para o Atlético-MG trouxe um terremoto no Athletico. Após o dirigente comunicar que voltaria a ser treinador, o Furacão optou por demitir o técnico Paulo Turra.

Turra chegou a receber um convite do Galo para fazer parte da comissão junto com Felipão, mas decidiu ficar no CT do Caju. Pouco depois, o comandante foi comunicado do desligamento.

A demissão foi feita pelo executivo Alexandre Mattos por telefone, com aval do presidente Mario Celso Petraglia.

O profissional de 49 anos foi uma aposta de Scolari, que convenceu o presidente Mario Celso Petraglia a efetivá-lo do cargo de auxiliar. Turra era o fiel escudeiro de Felipão desde 2017.

Petraglia está afastado da presidência desde o início do mês por problemas de saúde. Ele ficou internado em um hospital de São Paulo por dois meses e retornou para Curitiba na semana passada. Mesmo afastado, o presidente é consultado em assuntos prioritários.

O clube agora é gerido por um comitê: Aguinaldo Coelho (presidente interino), Márcio Lara (diretor financeiro), Fernando Volpato (diretor de patrimônio) e Rodrigo Gama Monteiro (diretor jurídico), além do executivo Alexandre Mattos.

Turra deixa o Athletico com 25 vitórias, quatro empates e sete derrotas em 36 jogos, com 64 gols marcados e 31 gols sofridos. O aproveitamento é de 73,1%.

O treinador se sagrou campeão paranaense invicto, classificou o time antecipadamente para as oitavas da Libertadores, avançou para as quartas da Copa do Brasil e ocupa a sétima colocação no Brasileiro.

Até encontrar um treinador, o auxiliar Wesley Carvalho assume interinamente. O Athletico volta a campo contra o São Paulo na quarta-feira, às 19h, no Morumbi, pela 11ª rodada da Série A.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x