Fernandinho abre o jogo sobre o que quer do Athletico após renovar contrato

Fernandinho pelo Athletico em 2024

A montagem do Athletico para o ano de seu centenário começou exatamente na sexta-feira (17), com o acerto da renovação de Fernandinho. Com a permanência de seu principal jogador, o Furacão inicia o trabalho de 2024. E algumas das situações postas pelo camisa 5 nas conversas com a diretoria rubro-negra serão caminhos para organizar um elenco mais forte e completo, focando em especial no Campeonato Brasileiro – e, claro, se chegar lá, na Copa Libertadores.

Fernandinho viveu duas temporadas bastante agitadas no Athletico. A primeira, na verdade, foi pela metade, já que ele chegou em junho de 2022, já no decorrer da Libertadores. A chegada à final da competição e o sexto lugar no Campeonato Brasileiro mostraram o acerto da escolha do volante, que optou pelo time do coração em vez de propostas financeiramente melhores.

Mas este 2023 foi repleto de altos e baixos. O título paranaense invicto, o bom início na Libertadores e as classificações na Copa do Brasil animaram time e torcida. Mas vieram as eliminações precoces nas copas, a saída turbulenta de Luiz Felipe Scolari, a seguida demissão de Paulo Turra e a irregularidade no comando de Wesley Carvalho. Somando tudo isso ao desgaste da temporada, Fernandinho e o Athletico chegam ao final do ano com dificuldades.

O que Fernandinho quer do Athletico

Muito próximo do presidente Mário Celso Petraglia, Fernandinho renovou com o Athletico pela posição firme do dirigenteAmbos têm muita vontade de ver o Furacão bicampeão brasileiro – e o atual campeonato permite pensar nisso em 2024. Por isso o plano rubro-negro é de fortalecer o elenco apostando em jogadores jovens – como os já citados Deossa (Atlético Nacional) e Alexander Aravena (Universidad Católica). Mas também indo ao mercado da bola investindo em nomes chegando para serem titulares. Em resumo: um time mais encorpado e com opções em todos os setores.

Ainda mais: Fernandinho espera ter uma temporada menos ‘acidentada’. Isto implica, essencialmente, em não estar em todas as partidas, sendo preservado em viagens mais complicadas e no Campeonato Paranaense. Assim, o camisa 5 imagina estar inteiro para jogar o ano todo, liderando o Athletico no ano do centenário e entrando para ganhar todos os campeonatos. Em especial o mais longo deles, o Campeonato Brasileiro.

Deixe um comentário

“Alguns fatores acabam sendo relevantes para esta renovação. O clube está prestes a se tornar uma SAF e provavelmente teremos bons investimentos. A possibilidade de jogar uma competição continental no próximo ano. Desenvolver novos valores com jogadores jovens… Tudo isso fez com que eu refletisse, analisasse todas as possibilidades e chegasse à conclusão que o melhor para mim e minha família é ficar mais um ano aqui em Curitiba, representando as cores do Athletico. Eu ainda me sinto muito bem, sinto que posso entregar um bom futebol, muitas coisas que podem ajudar os mais jovens a evoluir. Tudo isso fez com que a gente tomasse essa decisão”, disse ele, em entrevista ao site oficial do Rubro-Negro.

Minha relação com o Athletico vai muito além do jogador Fernandinho, do que posso desenvolver em campo. É um ano muito importante para o clube e para a torcida. Tudo isso fez com que a gente chegasse a um acordo e a felicidade é imensa, porque é um ano especial e estou me sentindo bem. À medida que o tempo vai passando, vou me sentindo muito melhor para representar o Athletico”, completou.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários