Brasil beira repescagem nas eliminatórias

A derrota da seleção teve um dissabor ainda mais amargo na noite dessa terça feira. Afinal, pela primeira vez na história das eliminatórias, a seleção brasileira foi derrotada em casa. E como se não bastasse, a quebra desse tabu histórico veio contra a Argentina, por 1 a 0, com direito a torcida gritando “olé”.

Antes mesmo da partida começar, as tais cenas lamentáveis marcaram mais uma vez, a briga de torcedores. Briga com tamanho que ainda não tinha se visto dentro do novo Maracanã. Indícios de uma noite tenebrosa.

Após o fim do caos dentro do estádio, a partida começou a toda adrenalina, inclusive jogadores da seleção brasileira entrando fora do tom em divididas, gerando dois cartões amarelos ainda no começo do primeiro tempo. O alvo da noite foi Rodrigo Javier De Paul, que além de apanhar a noite toda, sofreu a falta que gerou cartão vermelho para Joelinton no segundo tempo.

Uma noite praticamente sem brilho de jogadores brasileiros. Uma seleção que além de não encantar, fez ambas torcidas ecoarem olé dentro do estádio.

Para muitos o resultado era esperado. Inclusive o que mais se falava nos arredores era a expectativa para ver Messi pela última vez no Maracanã. Mas no fim, a frustração da torcida brasileira foi ainda maior, pois o craque argentino sentiu o pubis durante boa parte da partida e pouco se apresentou para o jogo. Mesmo assim, a Argentina encontrou espaço e aos 17 minutos do segundo tempo, em escanteio bem cobrado, Otamendi cabeceou para o fundo das redes.

Com a vitoria a Argentina foi a 15 pontos na primeira colocação. Enquanto isso, Brasil cai para a sexta colocação, com apenas 7 pontos.

Inscrever-se
Notify of
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x