Athletico poderá ter nove estrangeiros no Brasileirão após aprovação de clubes

Canobbio pelo Athletico contra o Bahia em 2023 pelo Campeonato Brasileiro

Os times da Série A do Campeonato Brasileiro decidiram, nesta terça-feira (5), em Congresso Técnico, pela ampliação do limite de jogadores estrangeiros por partida no torneio de sete para nove atletas. Além da medida, também foi aprovado um treino de véspera em jogos com gramados sintéticos.

As duas resoluções afetam o Athletico. O Furacão possui dez jogadores estrangeiros no seu elenco: Gamarra, Leo Godoy, Esquivel, Zapelli, Mastriani, Di Yorio, Cannobio, Benítez, Cuello e Arriagada.

Com isso, apenas um desses atletas não poderá ser relacionado por partida. A medida foi aprovada por unanimidade pelas 20 equipes da competição. O Furacão foi representado na reunião pelo CEO Alexandre Leitão e pelo volante Fernandinho.

Na outra parte, agora o Athletico terá que disponibilizar a Ligga Arena para um treino na véspera da partida, caso o visitante solicite.

De acordo com o UOL, a discussão inicial foi pela proibição do gramado sintético na competição, mas a votação foi para o lado do treino antes das partes, que teve o voto inicial contrário apenas do Botafogo. O Fogão, no entanto, mudou de ideia e, mais uma vez, a medida foi aprovada por unanimidade.

O Athletico estreia no Brasileirão no final de semana dos dias 13 e 14 de abril, dentro de casa, contra o Cuiabá. Como o Furacão é o único mandante da primeira rodada que possui grama sintética, o confronto deve marcar a estreia da medida do treino de véspera.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x