Gleisi apaga post sobre Cuca após notificação extrajudicial por crítica

Cuca e Gleice

A deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), deletou uma publicação no qual criticava o Athletico-PR pela contratação do técnico Cuca, anunciado nesta segunda-feira (4).

A equipe jurídica do técnico emitiu notificação extrajudicial contra a parlamentar e a ameaçou de queixa-crime caso não houvesse exclusão do post.

Gleisi Hoffmann foi às redes sociais e relembrou um caso do técnico enquanto jogador, em 1987. Quando defendia o Grêmio, o hoje treinador do Furacão teria estuprado uma criança de 13 anos durante uma excursão na Suíça. A petista manteve a crítica, mas recuou ao afirmar que o treinador estuprou a adolescente.

“Em razão de Interpelação extrajudicial que recebi do treinador Cuca, afirmando que fiz considerações inverídicas quanto sua condenação, já que não foi condenado, quanto a prática criminosa e semelhança com casos de Daniel Alves e Robinho (documento abaixo), deletei o post anterior e o reescrevo a seguir”, iniciou Gleisi Hoffmann.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x