Neto alerta: “A que preço fomos campeões do mundo?”

Design sem nome 3 2

Neto, ídolo eterno do Corinthians, levantou questões polêmicas sobre a gestão anterior do clube durante a coletiva de imprensa de Augusto Melo nesta segunda-feira (10). Ele trouxe à tona problemas antigos e criticou decisões que, segundo ele, afetaram profundamente o Timão, gerando um clima de incerteza sobre o futuro do clube.

No programa “Os Donos da Bola”, da Rádio Bandeirantes, Neto não poupou críticas ao acordo realizado com Carlos Miguel pelo ex-presidente Duilio Monteiro Alves. “Como eu posso ser presidente do Corinthians, dirigente do Corinthians e fazer esse mal danado para o clube? E ninguém se responsabilizar por nada? A que preço foi campeão do mundo?” questionou Neto. Ele ainda comparou o Timão aos rivais: “Olha quantas vezes o Palmeiras está indo para o Mundial nos últimos anos, pode ganhar a quarta Libertadores. O maior rival do Palmeiras hoje é o Flamengo, não é mais o Corinthians.”

O caso de Carlos Miguel é emblemático. O goleiro, cuja multa rescisória caiu de 50 milhões de euros (cerca de R$ 288 milhões) para apenas 4 milhões de euros (cerca de R$ 23 milhões), está prestes a se transferir para o Nottingham Forest, da Inglaterra. Essa queda no valor ocorreu devido a uma exigência do empresário do jogador, Gilmar Veloz, preocupado com a falta de oportunidades do atleta no Corinthians, principalmente pela presença de Cássio, que recentemente se transferiu para o Cruzeiro.

Com a iminente perda de Carlos Miguel, o Corinthians terá que se reinventar. Atualmente, o elenco conta com Matheus Donelli e Felipe Longo, além de outros talentos das categorias de base, que podem ser essenciais para preencher a lacuna deixada.

Deixe um comentário
Design sem nome 3 2
Reprodução / Instagram
Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários