Bomba no Timão: Corinthians define condições com Carille e busca dinheiro para multa

Design sem nome 3 1

O Corinthians já definiu as condições para Fábio Carille ser o novo treinador do time. Com tudo acertado, falta apenas um detalhe crucial: o dinheiro para pagar a multa rescisória e tirar o técnico do Santos. A notícia foi apurada por Marco Bello, apresentador do Meu Timão, que revelou que o salário do treinador já foi definido. Carille e sua comissão técnica devem receber mais do que António Oliveira ganhava, além de um contrato até o fim de 2026 – encerrando junto com a gestão de Augusto Melo, que é um grande entusiasta do técnico.

Fábio Carille já aceitou o desafio, mas deixou a negociação sob a responsabilidade de seu empresário, Paulo Pitombeira, para não atrapalhar sua campanha no Santos. O técnico já analisou o elenco alvinegro e acredita que pode potencializar alguns jogadores.

Na Baixada Santista, o treinador de 50 anos sabe que sua relação com Marcelo Teixeira e demais dirigentes pode ser afetada. O presidente santista está de mãos atadas, pois a negociação depende apenas do pagamento da multa rescisória, avaliada em R$ 2,5 milhões. No entanto, o Corinthians ainda não possui o dinheiro para pagar à vista.

Na última sexta-feira, a iminente saída do treinador virou pauta antes e depois da vitória do Santos sobre o Ceará pela Série B. Carille pediu para que os repórteres procurassem Pitombeira, enquanto o diretor Alexandre Gallo afirmou não ter sido procurado pelo Corinthians.

Deixe um comentário

Antes mesmo do clássico contra o Palmeiras, que culminou na demissão de António Oliveira, o Corinthians já havia tido contato com Paulo Pitombeira para a contratação de Carille. Dentro da oferta, é possível que sejam incluídas metas que aumentariam ainda mais o salário do treinador.

Vale destacar que a chegada de Carille ao Parque São Jorge não é certa, principalmente devido à dificuldade de conseguir o valor necessário para o pagamento da multa rescisória. O Meu Timão revelou que a equipe também negocia com Ramón Diaz e que o nome de Carlos Tévez foi oferecido. Além da dupla argentina, outros nomes estão sendo considerados pela diretoria nos bastidores do clube.

Nos bastidores do Peixe, a alegação é de que Carille, em todos os momentos, disse desconhecer qualquer tipo de oferta do rival de Itaquera. A diretoria também afirma que não foi procurada para tratar de uma eventual liberação amigável do treinador ao Parque São Jorge.

Carille tem mantido constantes reuniões com os diretores do Santos, reafirmando seu compromisso com o projeto do clube. No entanto, nas entrevistas, ele tem deixado o assunto em aberto, sem colocar um ponto final na especulação.

Embora tenham havido certos ruídos na relação entre Carille e o presidente Marcelo Teixeira, a intenção da diretoria santista é de continuar com o trabalho do técnico. Neste momento, o Santos é líder da Série B, com três vitórias e um empate nos últimos quatro jogos.

Enquanto isso, o Corinthians está mais do que vivo na tentativa de tirar Fábio Carille do Santos. O técnico tem nas mãos uma oferta com robustas vantagens financeiras para voltar ao clube no qual foi campeão brasileiro. De acordo com o jornalista Marco Bello Jr., os valores de salário na capital seriam o dobro dos atuais ganhos no litoral paulista. Além disso, o contrato de Carille com o Corinthians será até o final do mandato de Augusto Melo.

A novela sobre a possível volta de Carille ao Corinthians promete continuar, com muitos capítulos ainda por vir.

Design sem nome 3 1
Fotos: Raul Baretta/ Santos FC
Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários