Torcida do Athletico critica Di Yorio e dificuldade do atacante no jogo aéreo

Di Yorio pelo Athletico Paranaense em 2024

Os últimos dias foram extremamente agitados na capital paranaense. Isso porque, de maneira surpreendente, a diretoria do Athletico resolveu demitir Juan Carlos Osorio com menos de três meses de trabalho.

O colombiano havia sido contratado no início do ano e fez parte da montagem do grupo do Furacão para o ano do centenário. Isto é, participou diretamente das contratações feitas pelo Clube.

Vale destacar que, falando apenas das peças que entram em campo, o CAP trouxe sete novos nomes para compor o seu plantel. São eles: Mateo Gamarra, Romeo Benítez, Léo Godoy, Petterson, Gonzalo Mastriani, Felipinho e Lucas Di Yorio.

No entanto, o único nome que vem se tornando uma unanimidade para o torcedor é o do zagueiro Mateo Gamarra, que disputou nove partidas do time no Campeonato Paranaense e ganhou ainda mais protagonismo com a saída de Cacá.

Começo de Di Yorio é complicado

Posto isso, vale destacar que um dos motivos para a demissão de Osorio foi a baixa minutagem de Gonzalo Mastriani. O ex-atacante do América-MG chegou como grande contratação e ainda não deslanchou.

Inclusive, Mastriani e Lucas Di Yorio possuem os mesmos números com a camisa do Furacão. Ambos atuaram somente em quatro partidas e deixaram dois gols anotados, alcançando uma média alta.

Porém, nenhum deles vem tendo a sequência necessária e o mau desempenho coletivo vinha sendo um impeditivo. Agora, sob comando de Cuca, a expectativa é que ambos deslanchem.

De qualquer forma, após analisar uma série de minutos do atacante dentro das quatro linhas, boa parte da torcida do Athletico perdeu as esperanças no argentino de 27 anos, que defendia o Pachuca (MEX).

Di Yorio sai “prejudicado” de comparação

Enfim, embora tenha marcado dois gols, o momento de Di Yorio não é dos melhores, até por se tratar de uma temporada extremamente importante para o torcedor do Rubro-Negro do Paraná, visto que é ano do centenário.

Sendo assim, uma das principais críticas em relação ao futebol do atacante é a sua deficiência no jogo aéreo. O argentino venceu, só para se ter ideia, 13 dos 39 duelos aéreos que teve em 2023 (33,3%), segundo o jornalista Vincenzo Dalincani.

A título de comparação, por mais que sejam posições diferentes, Mateo Gamarra ganha mais de 57% dos duelos aéreos que disputa, sendo que seu aproveitamento é bem maior, tendo vencido 17 de 29 duelos.

Dito isso, vale frisar que Di Yorio briga por uma posição de titular para a próxima partida do CAP, que marcará a estreia de Cuca. O Athletico precisa vencer o Londrina por dois gols de diferença para avançar à semifinal.

Torcida do Athletico ‘alfineta’ Di Yorio

image 4
image 5
Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x