Augusto Melo defende empresário amigo e esclarece empréstimos no Corinthians

Screenshot 18

Durante uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (10) no CT Joaquim Grava, Augusto Melo, presidente do Corinthians, abordou as especulações envolvendo o empresário Igor Zveibrucker. Melo defendeu a integridade de Zveibrucker, destacando sua contribuição financeira ao clube sem buscar retorno em transações de jogadores.

Explicando a Controvérsia do Empréstimo

Melo reconheceu que Zveibrucker, além de ser um amigo pessoal, emprestou dinheiro para a compra do jogador Matheuzinho, mas destacou que o empréstimo foi feito em condições vantajosas para o clube, com juros muito abaixo do mercado, ou até mesmo sem juros. “É um grande amigo, um grande empresário, que até agora colocou dinheiro no Corinthians e não retirou um real”, afirmou Melo.

A Posição do Presidente sobre a Transparência

Augusto Melo enfatizou a transparência de sua gestão, destacando que todos os acordos financeiros passam pelos departamentos jurídico e financeiro do clube, e que ele pessoalmente não assina nada sem a devida autorização. “Ele tratou diretamente com o financeiro, não comigo. Não trato essas coisas. Não assino nada, nada sem o carimbo do jurídico. Tudo”, explicou Melo.

Controvérsias e Acusações de Influência

O presidente também abordou as acusações de influência indevida nos departamentos do clube, garantindo que as transações são feitas de acordo com as regras e que a gestão passada também teve suas próprias controvérsias, que ele busca corrigir.

Empréstimos e Gestão Financeira

Melo esclareceu que os empréstimos de Zveibrucker visam apoiar o clube em um momento financeiro desafiador e não têm relação com vantagens pessoais ou transações ocultas. Ele também destacou o esforço contínuo de sua administração para honrar compromissos e melhorar a saúde financeira do clube.

Deixe um comentário
Screenshot 18
Reprodução
Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários