Mais uma virada? Athletico busca repetir histórico contra CRB

Turra pelo Athletico na final do paranaense 2023

Após a derrota na partida de ida por 1 a 0 para o CRB, o Athletico terá que reverter o resultado para avançar na 3ª fase da Copa do Brasil. O Furacão poupou algumas peças e busca repetir uma virada, fato que já ocorreu seis vezes na história do torneio. A partida será nesta terça-feira (25), às 21h30, na Arena da Baixada.

Em toda a história da Copa do Brasil, disputada desde 1989, o Athletico conseguiu avançar de fase em seis oportunidades, após perder o primeiro duelo e todas as vezes foram jogando em casa, em Curitiba. Inclusive, teve duelos revertidos em 2013 e 2019, anos em que o Furacão chegou até a final do torneio.

Confira as viradas do Furacão na Copa do Brasil:

2007: Athletico 4 x 4 Vitória – 2ª fase

Após goleada por 4 a 1 sofrida no Barradão, Dênis Marques, duas vezes, e Evandro marcaram para o Furacão na vitória por 3 a 0 no jogo de volta na Arena da Baixada, empatando o placar agregado e classificando o Athletico pelo extinto gol marcado fora de casa.

2007: Athletico 3 x 3 Atlético-GO – Oitavas de final

Já no confronto seguinte, o gol fora de casa mais uma vez salvou o Athletico. Depois de sofrer uma derrota por 3 a 1 em Goiânia, Alex Mineiro e Jeancarlos marcaram para o Furacão na vitória por 2 a 0 no jogo de volta e levaram o rubro-negro às quartas de final.

2011: Athletico 4 x 3 Rio Branco-AC – 1ª fase

Mesmo em um ano complicado para a história do Athletico, que terminou com o rebaixamento da equipe no Brasileirão, Guerrón e companhia conseguiram afastar a zebra na Arena da Baixada e reverteram a derrota sofrida no Acre por 2 a 1. Lucas marcou dois, Guerron fez o seu e o Rubro-negro virou sobre a equipe do norte do país.

2012: Athletico 2 x 2 Sampaio Corrêa – 1ª fase

Desta vez jogando na Vila Capanema, Marcinho foi o herói da classificação do Athletico. A vitória em Curitiba por 1 a 0 bastou para empatar o agregado em 2 a 2 e classificar o Rubro-negro pelo critério do gol fora.

2013: Athletico 3 x 1 Palmeiras – Oitavas de final

Em noite brilhante de Ederson e Paulo Baier, o Athletico reverteu a derrota sofrida para o Palmeiras em São Paulo no jogo de ida das oitavas de final em 2013 por 1 a 0. Em Curitiba, 3 a 0 Furacão, uma vitória que embalaria uma campanha que bateria na trave do título, chegando na final da competição.

2019: Athletico 2 (5) x (4) 2 Grêmio – Semifinal

A mais recente e popular remontada do Athletico é também a mais memorável. Após uma grande vitória do Grêmio, em Porto Alegre, por 2 a 0, os gaúchos vieram a Curitiba com boas chances de classificação para a final. Entretanto, Nikão e Marco Ruben marcaram para o Furacão e levaram a decisão para os pênaltis, onde a equipe avançou e na sequência foi campeão.

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x