Os fatores que explicam o recorde de público do Athletico no Paranaense

Torcida Athletico Paranaense

A goleada por 6 a 0 do Athletico sobre o Londrina, pelas quartas de final, registrou o recorde de público no Campeonato Paranaense 2024. Foram 32.583 pagantes, para um público total de 33.514 pessoas, com renda total de R$ R$ 1,1 milhão.

No jogo de domingo (10), o Furacão vendeu 9.394 entradas para a sua torcida. Número bem superior, por exemplo, ao vendido diante do Flamengo na Copa do Brasil do ano passado, jogo que registrou o melhor público do estádio atleticano em 2023.

O clássico entre Coritiba e Athletico, na primeira fase, teve um público pagante de 22.439 pessoas, por exemplo. Mas o que explica a presença do público dessa vez?

Adversidade no placar

Pela primeira vez nos últimos dois anos, o Furacão estava pressionado no Estadual para buscar o resultado. Vale lembrar que a derrota no jogo de ida para o Londrina, por 1 a 0, encerrou a série de 29 jogos sem derrotas no Paranaense.

O último revés no Estadual havia sido no dia 23 de fevereiro de 2022, com derrota por 2 a 1 no clássico contra o Coritiba na Ligga Arena, pela semifinal daquela edição. Ou seja, o Furacão ficou 738 dias, equivalente a dois anos e uma semana, sem perder.

Na sequência sem derrotas, o Furacão acumulou 22 vitórias e sete empates, com 57 gols marcados e apenas 15 sofridos. Com isso, o Athletico se sagrou campeão de forma invicta em 2023, igualando a campanha do clube de 87 anos antes. Assim como no ano passado, o Furacão foi campeão invicto em 1936.

Acostumada com ótimos resultados, o apoio ao time no momento difícil é um dos fatores que ajudam a explicar o recorde de público.

Estreia de Cuca

A chegada de Cuca deu visibilidade nacional ao Athletico. O treinador de 60 anos, torcedor de infância do clube, foi anunciado no dia 4 de março, um dia após a demissão de Juan Carlos Osorio. O colombiano não agradou com o estilo de jogo, rodízio de atletas e o comportamento excessivo, o que gerou o apoio de grande parte da torcida pela demissão. 

Com a polêmica do processo por estupro de uma menor de idade na Suíça, os torcedores dividiram opiniões nas redes sociais. Mulheres contrárias à chegada de Cuca foram ameaçadas por criticarem o técnico.

No entanto, a carreira vitoriosa de Cuca na última década agradou a torcida. O treinador soma dois títulos de Campeonato Brasileiro (2016 pelo Palmeiras e 2021 pelo Atlético-MG), um de Libertadores (torneio em que foi vice com o Santos em 2019) e um da Copa do Brasil (Atlético-MG em 21) nos últimos 11 anos.

Além disso, a relação do treinador com o clube do coração ajuda nessa identificação – relembre cinco momentos de carinho por parte de Cuca.

Não é à toa que a torcida rubro-negra ovacionou Cuca quando o nome do técnico foi anunciado pelo locutor da Ligga Arena. No segundo tempo contra o Londrina, quando a goleada por 4 a 0 estava no placar, os torcedores entoaram uma música para o novo comandante.

Nova política de ingressos

No início de fevereiro, o Athletico anunciou uma nova política na venda de ingressos avulsos para os jogos na Ligga Arena.

Os sócios do Furacão seguem com prioridade na compra de ingressos avulsos para amigos e familiares. Cada sócio tem direito de adquirir até duas entradas inteiras com 50% de desconto, sendo que o benefício não se aplica à meia-entrada.

Foram classificadas três categorias de ingressos: Red (arquibancada), Gold (arquibancada) e Black (Setor VIP), sendo que os valores variam de acordo com as condições de oferta e demanda. As entradas agora custam de R$ 45 a R$ 250, dependendo do setor. Antes, o valor era R$ 150 (R$ 75 meia) para arquibancadas no Estadual.

Desde a mudança, foram três jogos realizados na Ligga Arena – empate por 0 a 0 com o Operário, vitória por 3 a 1 sobre o São Joseense (ambos pela primeira fase) e agora o recorde de público contra o Londrina.

Contudo, os preços não tiveram tanta influência assim na reta final da primeira fase, já que o Furacão já era líder isolado e tinha garantido a classificação do mata-mata. Diante do Fantasma, foram 17.441 pagantes (3.484 vendidos para os atleticanos), enquanto a vitória sobre o São Joseense contou com 18.110 pagantes (4.323 vendidos).

A camisa oficial que será dada como “prêmio” a todos os sócios que estiverem presentes em, pelo menos, 25 jogos da temporada também animou. Só contra o Tubarão, 22.577 associados foram ao jogo – número relativamente alto se comparado com outras partidas.

Veja os detalhes:

Athletico 3×1 São Joseense
Público total:
 18.834 (18.110 pagantes)
Renda: R$ 561.470,00
Ingressos avulsos: 4.323

Athletico 0x0 Operário
Público total
: 18.028 (17.441 pagantes)
Renda: R$ 518.935,00
Ingressos avulsos: 3.484

Athletico 6×0 Londrina
Público total
: 33.514 pessoas (32.583 pagantes)
Renda: R$ R$ 1,1 milhão
Ingressos avulsos: 9.394

Inscrever-se
Notify of
guest

0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários

0
Comente o que achou da notícia!x